Cria do Alcântara


Nasci prematuro de 6 meses e meio, com infecção de tudo que é tipo, já tinha sido desenganado pelos médicos que optariam pela vida da minha mãe, mas Deus quis que eu viesse ao mundo.

Sou filho do seu Paulo (em memória) e da dona Teresa, irmão do Lúcio, nossa família veio para São Gonçalo quando eu tinha 1 ano de idade, com medo da violência na comunidade onde nossa família morava,  no Morro do Adeus no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro.

 

Sou cria do Alcântara, pessoa com deficiência física, bacharel em Sistemas de Informação e trabalho em uma multinacional de tecnologia.


Infância e adolescência de inclusão e esporte


Mesmo possuindo uma deficiência no braço esquerdo, aos 6 anos de idade comecei no esporte fazendo futebol de campo na escolinha Show Ball, após isso, passei a praticar futsal, como goleiro (sim, mesmo com a deficiência no braço fui goleiro de futsal disputando com pessoas sem deficiência física), tendo sido por duas vezes eleito goleiro destaque do Campeonato Gonçalense de Futsal e vice-campeão niteroiense pela equipe do Núcleo Esportivo Alcântara 1.

 
Aos 14 anos comecei a praticar Judô (mais uma vez disputando com pessoas sem deficiência física), pela equipe do Colégio de Aplicação Dom Hélder Câmara, tendo como principais conquistas: campeão do 23º Intercolegial O Globo-McDonald’s, vice-campeão dos Jogos das Escolas Particulares (JEPAR), vice-campeão dos Jogos Escolares de São Gonçalo de 2005. Ainda sou faixa laranja de Judô.
 
 
 

Fui o primeiro da família do meu pai a se formar na faculdade


Durante minha trajetória escolar, sempre tive reembolso ou bolsa para estudar em instituições particulares, o que me deu oportunidades que muitos não tem, me formei en Sistemas de Informação na Uni LaSalle – RJ com uma bolsa de 100% durante todo o curso, no meu projeto final desenvolvi a ideia de um aplicativo onde pessoas com deficiência possam se locomover pela cidades pelas calçadas mais acessíveis de acordo com o feedback dos próprios usuários sobre o estado das calçadas.

Comecei a trabalhar aos 17 anos como Jovem Aprendiz, em minha carreira profissional já fui bancário, auxiliar administrativo, agente de vendas, operador de teleatendimento, assistente de uma artista internacional entre outras experiências enriquecedoras.

 

Ações concretas e o desejo de mudar a política


Em 2019 fundei com outros moradores o movimento “O Alcântara que Queremos” para debater problemas e soluções para o bairro.

No mesmo ano, participei do curso RenovaBR Cidades, onde aprendi a importância de politicas públicas baseadas em dados e evidências, de ter pessoas novas e capacitadas, e que nós, pessoas comuns precisamos estar na política. Em outubro de 2019 fizemos uma ação chamada “Renovar o Brasil” na praça Chico Mendes, aqui na região do Alcântara, onde fizemos um mutirão para revitalizar parte da praça que se encontra abandonada.

Atualmente, estou ajudando a construir a Associação Desportiva de Deficientes de São Gonçalo (ADD-SG), primeira e única associação de esportes para PCDs da cidade e sou candidato a vereador pelo PSB.